Quer conhecer as vantagens de ser PJ? Leia o conteúdo do blog e entenda como é possível prosperar na profissão através da abertura de uma empresa.

Quais as maiores vantagens de ser PJ?

Vantagens de ser PJ: Captação de clientes

No artigo de hoje, o blog do Ibrage fala a respeito das principais vantagens de ser PJ no Brasil. 

Há na abertura de uma empresa a possibilidade de crescer profissionalmente e alcançar a almejada independência financeira.

A partir da análise dos diferentes cenários, é possível perceber eventos que tornam a decisão de começar um negócio favorável.

No entanto, é importante estudar as possibilidades com cautela. Considerar a consulta a profissionais especializados em contabilidade, serviços jurídicos e gestão empresarial é uma alternativa sempre válida.

Em se tratando da Pessoa Jurídica, é possível citar uma série de vantagens frequentemente apontadas quando se fala sobre as diferenças entre essa forma de atuação e a da Pessoa Física.

Para muitos profissionais, sobretudo aqueles que fazem prestação de serviços, o exercício de atividades como empresa pode ser vantajoso quando o objetivo é conseguir administrar clientes de maneira mais independente. 

Em comparação com a realização de serviços por meio de CLT ou contrato fixo de trabalho, a Pessoa Jurídica garante maior liberdade para aumentar ou diminuir a intensidade de sua carga horária ou amplitude de atuação.

Isso também é vantajoso do ponto de vista da lucratividade, já que, com a possibilidade de aumentar a carteira de clientes, obtém-se também uma rede fidelizada de parceiros com potencial de consumo frequente.

No que diz respeito ao lucro, há outras vantagens de ser PJ. Um empreendimento bem gerido, com boas estratégias de marketing e alto padrão de atendimento tem muitas chances de explorar melhor seus potenciais de crescimento financeiro do que uma Pessoa Física.

A própria natureza destas entidades as permite ou veta de alguns direitos, que podem ser, entre outros, de caráter tributário, fiscalizatório ou jurídico. 

Vantagens de ser PJ: Condições fiscais

As condições tributárias também indicam algumas vantagens de ser PJ.

O profissional que não atua como colaborador de uma empresa, mas que exerce suas atividades de maneira autônoma como Pessoa Física, precisa fazer o recolhimento de Imposto de Renda segundo os rendimentos obtidos mensalmente e ao longo do ano calendário. 

A carga tributária pode se tornar um ponto problemático nessa atuação, uma vez que, a depender dos lucros obtidos com a prestação de serviços, há aumento equivalente nas alíquotas de recolhimento.

Atuar como PJ permite a realização desses procedimentos de forma simplificada, especialmente para micro e pequenas empresas

Segundo estudos do MDIC, mais de 80% das empresas abertas no primeiro quadrimestre de 2023 são registradas como MEI. 

O regime de tributação mais comum para esse porte de empreendimento, assim como para Micro Empresas e Empresas de Pequeno Porte, é o Simples Nacional.

O sistema de apuração e recolhimento destaca-se como vantagem ao ser PJ em comparação com a atuação como PF. O recolhimento, mais simples, ocorre mensalmente por meio do DAS emitido automaticamente

Entre os impostos contidos no DAS estão IRPJ, Contribuição para Previdência e Contribuição Social, além de impostos sobre serviços e, quando houver, sobre circulação de mercadorias.

Como se tornar PJ?

Tornar-se PJ exige considerar detalhes sobre as atividades, porte e tipo de tributação cobrado pela empresa.

No Brasil, toda empresa deve ter um sistema de contabilidade. Recomenda-se o contato com profissionais capacitados para analisar as particularidades do processo de abertura.

Quer abrir uma empresa? Solicite agora um orçamento!

18 comentários sobre “Quais as maiores vantagens de ser PJ?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *